quinta-feira, 18 de julho de 2019

LIVRO OU FILME?

Além do livro a história possui o filme, vencedor do Prêmio Nobel, dirigido por Fernando Meirelles!

Título: Ensaio Sobre A Cegueira
Autor: José Saramago
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 312
Ano de Publicação: 1995


Capa do filme da versão cinematográfica

Escrevo (recordando) quando assisti a Ensaio sobre a cegueira há alguns anos. Adaptação da renomada obra literária, filme dirigido pelo brasileiro Fernando Meireles. Conta com Alice Braga no elenco e Mark Ruffalo, Dany Glover, Juliann Moore, ... cenas rodadas na capital paulista.

Interessei por assisti-lo, admiração por sua qualidade e uma aflição imensa pelas cenas apresentadas. Com todos os recursos do cinema, a obra cinematografica mexeu comigo. Quanto ao livro descobri que o romance foi escrito em 1995, antes do autor receber o prêmio Nobel de Literatura.


A mulher do médico guiando os cegos

A epidemia de cegueira como crítica ao capitalismo?
A cegueira pode ser encarada, assim, como um conjunto de representações falsas que embora surjam na própria vivência, nas relações sociais cotidianas, podem se autonomizar e passar a dominar o vivido, bloqueando a apreensão da realidade e a práxis, e impedindo a busca do novo.

A leitura do livro ou assistir o filme faz repensar as relações humanas e alcançar justiça social? "Os cegos precisam adotar novas sensibilidades. Desta forma, o papel é certamente um desafio físico", disse Glover ao jornal "El Observador". Dany Glover ator participante do filme.

Foto postada: Divulgação.

terça-feira, 2 de julho de 2019

LIVRO: Strange & Mr. Norrell

Iniciando a leitura do livro Strange & Mr. Norrell 
Escritora: Susanna Clarke

Vou me transportar para o início do séc XIX, diretamente para a Associação de Magos de York que vê seu fim chegando graças a um fato novo: existe um homem capaz de fazer magia.

Nos últimos séculos a magia gradativamente desapareceu da Inglaterra e os magos deram lugar a figura dos magos teóricos: geralmente membros da aristocracia que dedicavam sua vida ao estudo das práticas de magia mas que nunca ousavam colocar em prática aquilo que pesquisavam.



Na leitura deste livro vou encontrar uma situação quando entra em cena um sujeito chamado Mr. Norrell. Norrell é um sujeito solitário, que vive recluso no interior em uma casa com seus empregados, seu “assistente” Childermass, sua gigantesca biblioteca e, bem, seus feitiços.

Vou encontrar um outro homem, segundo protagonista, Jonathan Strange, acaba conseguindo, ainda que quase sem recursos, realizar seus encantamentos também. Como o próprio título do livro sugere, esses dois homens irão se encontrar e das interações entre os dois a história irá se desenrolar. 


Ainda não tive a oportunidade de assistir o filme

Não é a toa, portanto, que o livro fez e continua fazendo tanto sucesso, na capa do exemplar doado consta 650 mil exemplares vendidos, tendo inclusive baseado uma minissérie de mesmo nome pelo canal BBC e, pelo menos na edição brasileira. Nas pesquisas obtive a informação que conseguiram uma introdução do famoso autor Neil Gaiman.

Jonathan Strange & Mr. Norrell consegue juntar mistério, fantasia, romance e política em uma premissa simples. O livro foi super-premiado, vencendo o Prêmio Hugo de 2005.


SUSANNA CLARKE - ESCRITORA

Susanna Mary Clarke é uma escritora inglesa nascida em Nottingham, mais conhecida por sua obra de estréia, Jonathan Strange & Mr. Norrell, ganhadora do Hugo Award como história alternativa.

Jonathan Strange & Mr. Norrell
Autora: Susanna Clarke
Tradutor: José Antonio Arantes
Editora: Companhia das Letras
Ano desta edição: 2005
824 páginas

SINOPSE: No começo do século XIX, a maioria da população britânica acreditava que a magia estava perdida havia muito tempo – até que o sábio Mr. Norrell revela seus poderes, tornando-se célebre e influente. Ele abandona a reclusão e parte para Londres, onde colabora com o governo no combate a Napoleão Bonaparte e coloca em prática seu plano de controlar todo o conhecimento mágico do país.

Tudo corre bem até que Jonathan Strange, um jovem nobre e impetuoso, descobre que também possui talentos mágicos. Ele é recebido por Norrell como seu discípulo, mas logo os dois começam a se desentender... e essa rixa pode colocar em risco toda a Inglaterra.

FOTOS POSTADAS: DIVULGAÇÃO.

terça-feira, 25 de junho de 2019

JMJ LISBOA 2022


"Como assessor da Pastoral da Juventude, posto um artigo sobre a Jornada da Juventude. Onde tema inspirada na mãe ( Maria ) «Maria levantou-se e partiu apressadamente (Lc 1, 39)» é o mote para a primeira edição em Portugal do maior encontro católico de jovens.

Então vai um artigo da ACI Digital que talvez disperte o interesse do/da jovem em participar mais uma etapa de peregrinação intercontinental dos jovens. Deus abençoe as/os jovens. Deus abençoe a todos!" ( Benjamim - PJ )


Papa Francisco anuncia tema da JMJ Lisboa 2022

 O Papa Francisco anunciou o tema da próxima Jornada Mundial da Juventude de 2022, que acontecerá na cidade de Lisboa, Portugal: “Maria levantou-se e partiu apressadamente”.

O Santo Pare fez o anúncio neste sábado,22 de junho, durante a audiência que concedeu no Palácio Apostólico do Vaticano a jovens participantes do XI Fórum Internacional dos Jovens, que aconteceu em Roma de 19 a 22 de junho, organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, com o objetivo de promover a implantação do Sínodo 2018 sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

O Pontífice realizou este anúncio de surpresa. Explicou que “o caminho de preparação para o Sínodo de 2018 coincidiu em grande parte com o itinerário para a JMJ do Panamá, que aconteceu há apenas 3 meses. Em minha mensagem aos jovens de 2017, expressei a esperança de que houvesse uma grande harmonia entre estes dois caminhos”.

“Pois bem! A próxima edição internacional da JMJ será em Lisboa, em 2022. Para esta etapa de peregrinação intercontinental dos jovens, escolhi como tema: ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’”.

O Santo Padre convidou os jovens a meditar durante os próximos anos “sobre os versículos: ‘Jovem, eu te digo: levanta-te’ e ‘Levanta-te! Eu te constituo testemunha do que viste!’”.

“Com isso, desejo também desta vez que haja sintonia entre o itinerário para a JMJ de Lisboa e o caminho pós-sinodal. Não ignorem a voz de Deus que os impulsiona a se levantar e a seguir os caminhos que Ele preparou para vocês. Como Maria, e junto a Ela, sejam cada dia portadores de sua alegria e seu amor”.

Em seu discurso, o Papa Francisco fez um chamado aos jovens católicos a se envolverem mais na Igreja: “A Igreja necessita de vocês para ser plenamente ela mesma”.

O Pontífice assegurou aos jovens que “são o hoje de Deus, o hoje da Igreja”. “Como Igreja, vocês são o Corpo do Senhor Ressuscitado presente no mundo. Quero que recordem sempre que vocês são membros de um único corpo. Estão unidos uns aos outros e sozinhos não sobreviveriam”.

“Necessitam-se mutuamente para marcar, verdadeiramente, a diferença em um mundo cada vez mais tentado pelas divisões. Somente caminhando juntos seremos verdadeiramente fortes. Com Cristo, Pão da Vida que nos dá força para o caminho, levemos a luz do seu fogo para as noites deste mundo!”.

_____________________
Créditos: ACI Digital

Foto postadas: Divulgação.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

DIA NACIONAL DA JUVENTUDE

Dia Nacional da Juventude (DNJ)
Dia 27 de outubro de 2019.
 
Objetivo: Estimular a juventude a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum, dando a contribuição da juventude para a construção de uma sociedade mais fraterna, em especial nas políticas políticas relativa aos jovens.

Jovens de todo o país são convidados a celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ) no dia 27 de outubro de 2019. Momento de comunhão e testemunho do Cristo Vivo entre os jovens. Neste ano o DNJ tem como tema “Juventude e Políticas Públicas: uma história nos chama à civilização amor” e lema “Em vim para que todos tenham vida” (Jo 10,10), em comunhão com a Campanha da Fraternidade: “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça” (Is 1,27).


Confira os temas do DNJ desde sua criação:
1987 – DNJ: Juventude e Participação – Juventude, Presença e Participação.

1988 – DNJ: Juventude, Libertação na Luta do Povo – Mulher, Negro, Índio e Eleições.

1989 – DNJ: Juventude e Educação – Juventude, cadê a Educação?

1990 – DNJ: Juventude e Trabalho – Juventude: do nosso suor, a riqueza de quem?

1991 – DNJ: Juventude e América Latina – Latino-americanos, por que não?

1992 – DNJ: Juventude e Ecologia – Ouça o ECO(logia) da Vida.

1993 – DNJ: Juventude e AIDS – Um grito por solidariedade.

1994 – DNJ: Juventude e Cultura – Nossa cara, Nossa Cultura.

1995 – DNJ: Juventude e Cidadania – Construindo a Vida.

1996 – DNJ: Juventude e Cidadania – Quero ver o novo no poder.

1997 – DNJ: Juventude e Direitos Humanos – A vida floresce quando a Liberdade Acontece.

1998 – DNJ: Juventude e Direitos Humanos – Nas asas da Esperança gestamos a mudança.

1999 – DNJ: Juventude e Dívidas Sociais – Vida em Plenitude, Trabalho pra Juventude.

2000 – DNJ: Juventude e Dívidas Sociais – Jubileu da Terra, um Sopro de Vida.

2001 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Paz, Dom de Deus! Direito da Juventude.

2002 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – A vida se tece de sonhos.

2003 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Lancemos as redes em águas mais profundas.

2004 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – A gente quer fazer valer nosso suor… A gente quer do bom e do melhor.

2005 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Juventude vamos lutar! Chegou a hora do nosso sonho realizar.

2006 – DNJ: Políticas Públicas para a Juventude – Juventude que ousa sonhar constrói um Brasil popular.

2007 – DNJ: Juventude e Meio Ambiente – É Missão de todos nós. Deus chama: eu quero ouvir a tua voz.

2008 – DNJ: Juventude e os Meios de Comunicação – Queremos pautar as razões de nosso viver.

2009 – DNJ: Contra o extermínio da juventude, na luta pela vida – Juventude em Marcha contra a violência.

2010 – DNJ 25 anos: celebrando a memória e transformando a história – Juventude: muita reza, muita luta, muita festa, em marcha contra a violência.

2011 – DNJ: Juventude e Protagonismo Feminino – Jovens mulheres tecendo relações de vida.

2012 – DNJ: Juventude e Vida – Que vida vale a pena ser vivida?

2013 – DNJ: Juventude e Missão – Jovem: levante-se, seja fermento!

2014 – DNJ: Feitos para ser livres, não escravos.

2015 – DNJ: Juventude construindo uma nova sociedade.

2016 – DNJ: Juventude e nossa Casa Comum – “Vou criar novo céu e nova terra” (Is. 65, 17)

2017 – DNJ: Juventudes em defesa da vida dos Povos e da Mãe-terra – “Os humildes herdarão a terra” (Sl 37,11)

2018 – DNJ: Juventude Construindo uma Cultura de Paz – “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, neste mundo vocês terão aflições, contudo tenham coragem, Eu venci o mundo” (Jo 16,33)

 
Fonte: JOVENS CONECTADOS
https://jovensconectados.org.br/conheca-o-subsidio-para-o-dnj-2019.html

sexta-feira, 7 de junho de 2019

PORQUE LER É IMPORTANTE?

 Robson Melo, Cleberson, Benjamim, Alexandre
( Da esquerda para Direita )

"A leitura é um importante hábito a ser desenvolvido, porque gera grandes benefícios no desenvolvimento do indivíduo. 3000 livros foram esquecidos pelo projeto Livro Livre com todo cuidado, atenção e carinho, numa atitude de contribui para fomentar o hábito da leitura.

Uma bandeira foi levantada com esta ação/projeto: Favorecer/contribuir a diminuição da violência, desenvolver/motivar o novo leitor. "Ler mais para uma vida Vida Melhor" - Passaporte para a civilação do conhecimento.

Existem vários porquês da importância da leitura! Todo mundo sabe que ler é essencial, mas a maioria acha muito difícil!" ( Benjamim - PJ )


[1] Com o intuito de despertar seu interesse pela leitura, vejamos alguns motivos pelos quais você deva começar ou continuar a ler:

1. Entendimento: uma boa leitura leva a pessoa ao entendimento de assuntos distintos. Afinal, o que é entender senão compreender, perceber. Como você saberá conversar sobre determinado tema se não tem percepção ou se não o compreende?

2. Cultura: através da leitura temos possibilidade de ter contato com várias culturas diferentes. Sabemos como determinado povo se comporta, os motivos pelos quais agem de forma distinta da nossa. Além disso, compreendemos melhor o outro quando passamos a saber a história de vida que o cerca. Consequentemente, lidamos melhor com quem é diferente de nós e não temos uma opinião pobre e geral das circunstâncias.

3. Reflexivos: lendo, nos tornamos reflexivos, ou seja, formamos uma ideia própria e madura dos fatos. Quando temos entendimento dos vários lados de uma mesma história, somos capazes de refletir e chegar a um consenso, que nos traz crescimento pessoal.

 

[1] Fonte: Mundo Educação.
Site Oficial: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/

[2] Foto: (Da esquerda para direita) 

Robson Melo, Cleberson, Benjamim, Alexandre
Ops.: Neste dia estavamos esquecendo livros próximo a igreja São Bento, no Largo São Bento - SP ( Brasil )

quarta-feira, 5 de junho de 2019

PEGUE - LEIA - ESQUEÇA


Desde que a biblioteca Padre José Calvi foi organizada por jovens, colaboradores, mochileiros e simpatizantes. Se passaram 12 anos e continuamos "esquecendo" livros em lugares públicos na cidade, bairros, pontos turísticos da cidade de São Paulo ( Quando surgem oportunidades, é esquecido livros em outras cidades do Brasil ).

Foram esquecidos os livros por Kami Garcia e Margaret Stohl em 4 volumes ( Dezesseis Luas ... 17, 18,19 ), os mesmos foram esquecidos na Praça das Artes (São Bento - SP e Shopping Tucuruvi SP.



PEGUE - LEIA - ESQUEÇA
E o que é melhor ainda, num sistema de esquecer, provocando criar a oportunidade de ( livro ) passá-lo adiante, para que outras pessoas possam lê-lo. Com todo este vai - vem ( PEGUE - LEIA - ESQUEÇA ) vai-se construindo uma biblioteca a céu aberto.

Possibilitando o encontro do livro ao novo leitor, difundindo a leitura as pessoas que não tenham condições de comprá-los, incentivar o hábito da leitura, colaborar como ação contra a violência e colabora com a qualidade da Educação na cidade. Chamando a reflexão: Como você pode ajudar a cidade onde mora, hoje e no futuro?


UM POUQUINHO DAS AUTORAS
(KAMI GARCIA E MARGARET STOHL )
As escritoras  tem uma leveza na escrita, que deixara o leitor muito bem informado sem ser cansativo e chato. A leitura do livro é rápida e fácil, mesmo com suas quase 500 páginas cada volume. Vai encontrar o ser mágico que preenche as páginas das 4 obras. Os personagens das autoras são muito bem elaborados, todos eles com suas características únicas que os fazem tão especiais quanto os protagonistas.


100 ANOS DOS OBLATOS DE SÃO JOSÉ
Beautiful Creatures, também conhecido no Brasil como Dezesseis Luas ou Criaturas Maravilhosas em Portugal, é um livro do gênero romance e fantasia. Numa série de 4 livros que foram esquecidos nos locais citados acima. o esquecimento tambem foi uma forma de antecipar as comemorações dos 100 Anos de Presença dos Oblatos de São José no Brasil, sacerdotes católicos missionários vindo da Itália, em especial cito Padre José Calvi.

KAMI GARCIA E MARGARET STHOL
Algumas caracteristicas do(s) Livros:
Data da primeira publicação: 1 de dezembro de 2009
Autoras: Kami Garcia, Margaret Stohl
Editora: Little, Brown and Company

Biografia das autoras e sites oficiais
KAMI GARCIA - Uma escritora americana
https://kamigarcia.com/

Kami Garcia é uma autora americana nascida em 1975. Ela estudou para ser professora e trabalhou por 17 anos ensinando até se juntar a Margaret Stohl na aventura de escrever seu primeiro romance, Beautiful Creatures (conhecido como A Saga dos Dezesseis Luas ).

     MARGARET STOHL - Uma escritora americana
                      https://mstohl.com/

Margaret Stohl é uma romancista americana. Ela é autora de 11 romances, assim como 4 volumes de quadrinhos e vários videogames. Ela nasceu em Pasadena, Califórnia, e agora mora em Santa Mônica e Seattle.

Fotos Postadas: Divulgação.

quinta-feira, 23 de maio de 2019

PROMOVENDO ENCONTROS

☆ Mais um livro esquecido para você, do autor David Baldacci. Ação, suspense e intrigas. Combinação apresentada em “Toda a Verdade”, primeiro livro de David Baldacci a ser lançado no Brasil pela Editora Arqueiro.

EXPECTATIVA: Uma bonita capa, a primeira vista interessante em impacto quanto em possibilidades. Desejo uma boa leitura quem o achar, após a leitura esqueça-o em algum lugar que possam acha-lo ou entregue em mãos para um novo leitor.
Título: Toda a Verdade
Autor: David Baldacci
Nº de Páginas: 295
Editora: Arqueiro
 
DAVID BALDACCI

Com mais de 110 milhões de cópias impressas, David tem sido destacado com alguns prémios literários e chegou a publicar dois livros para crianças.

Desde então, todos os seus livros têm sido bestsellers internacionais, traduzidos para mais de 45 línguas e vendidos em mais de 80 países.

 
SINOPSE
UMA HISTÓRIA DE SHAW Shaw trabalha para uma agência secreta de inteligência e sua vida se resume a viajar pelo mundo à caça de bandidos perigosos. Abandonado ainda bebê, sem laços afetivos e nem mesmo um nome próprio, ele nunca se importou com o fato de não saber se chegaria vivo ao fim do dia.

Projeto: LIVRO LIVRE
BLOG: MOCHILEIROS DA LEITURA
Foto(s) postada: divulgação.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

O HÁBITO DE LER LIVROS


Você tem o hábito de ler livros? Esta é uma das perguntas para motivar novos leitores com o intuito de ajudar na educação e fazer um bem a saúde. Em pesquisas descobri que Universidade Yale, nos Estados Unidos, descobriram que ler livros aumenta a expectativa de vida. Através de análises em pessoas que foram acompanhadas por 12 anos.

Aqui no Brasil, infelizmente a quantidade de gente que leem livros não é nada animadora: Nossa população nunca comprou um ou não lê uma obra inteira.

Obs.: Pesquisa na “Retratos da leitura no Brasil”, realizada pelo Ibope por encomenda do Instituto Pró-Livro.

E você, está esperando o que para escolher uma obra? Dê o primeiro passo para garantir mais tempo de vida e ampliar o seu conhecimento.


   "MOCHILEIROS DA LEITURA"
( www.mochileirosdaleitura.com.br )

( Biblioteca Padre José Calvi )
LEIA LIVROS OU ESQUEÇAS LIVROS!!!

100 anos BRASIL ( 1919 - 2019 )
Congregação dos Oblatos de São José

Foto Montagem: by, Benjamim - PJ

quinta-feira, 16 de maio de 2019

"INTERCEDENDO" PELOS PAIS

Menina iraniana. (Foto: Portas Abertas)

Pesquisando na internet encontrei uma forma de "intercessão na terra" que achei muito interessante que gostaria de compartilhar com vocês leitores. Mesmo porque refere-se ao livro que estou lendo com o intuito de entender a importância da Intercessão dos santos na terra ou no céu.  ( Benjamim - PJ )

ARTIGO PUBLICADO [1]
Cristã conta como preparou a filha para a perseguição: “A Bíblia diz que é normal”

A menina viveu dias de muita oração, intercedendo pelos pais quando eles foram presos

Uma cristã iraniana preparou sua filha para o dia que ela fosse presa ou morta por conta de sua fé. A mulher revelou ao Portas Abertas que sabia que um dia seria alvo de perseguição, até porque o Irã está no 9º lugar entre os países que mais perseguem cristãos no mundo.

Ela conversou com sua filha quando ela ainda estava na escola primária dizendo: “Quando eles vierem e lavarem o papai e a mamãe, não se preocupe. A Bíblia diz que é normal ser perseguido como crentes. Eles nos levarão para a prisão, nos farão perguntas e nos atingirão. Então nós voltaremos”, disse a mulher cristã que teve sua identidade preservada.

E realmente este dia chegou, durante um inverno as autoridade iranianas foram até a casa do casal, a filha deles já tinha 12 anos, e os levaram presos. “Pensei em Lily (nome fictício da jovem), e em como ela saberia o que fazer quando a irmã fosse encontrar com ela na escola para contar o que acontecera. Sei que ela oraria por nós e quando ela estivesse com medo, oraria ainda mais”.

Ela ligava para suas filhas quatro vezes por semana, mas logo as autoridades começaram a pressioná-la para denunciar outros cristãos e como ela não revelava, impediram que ela voltasse a ligar para suas filhas.

“Um dia eu estava orando e senti um vento quente acariciando minhas bochechas. Ouvi o Senhor dizer ‘Aceite'”, revelou ela. Aquela sensação a fez dançar na cela e louvar ao Senhor e assim ela ficou até a manhã seguinte.


“Eu e meu marido fomos libertos um pouco depois e com lágrimas pude ver minha filha novamente. Ela disse que orou muito por nós e passar por esses momentos em oração, confiando no Senhor, foi uma experiência nova para ela”, completou a mãe.

Ao lembrar sobre o fato, a pequena Lily concorda que durante aquele período a sua fé cresceu muito e sua mãe ficou satisfeita por tê-la preparado para aquele momento.

Fonte: Gospel Prime (Mundo Cristão)
Artigo Publicado: Redação.[1]
Publicado em 16 de maio de 2019

Foto Postada: Menina iraniana. 

(Foto: Portas Abertas)

quarta-feira, 15 de maio de 2019

O QUE ESTOU LENDO

 O QUE ESTOU LENDO NO MOMENTO

O que estou lendo no momento? Como tenho o costume de ler vários livros ao mesmo tempo, resolvi ler "Intercessão dos Santos na Bíblia. O tema tratado sempre me interessou, mesmo porque se aproxima o 100 ANOS dos Oblatos de São José, uma instituição religiosa josefina.

Que sempre me faz pensar no sacerdote morto em santidade em vias de ser beatificado: Padre José Calvi. O livro que iniciei a leitura ajuda no esclarecimento da intercessão deste santo homem "Servo de Deus", membro do Corpo de Cristo.


Intercessão dos Santos na Bíblia
Autor: Pe Florêncio Dubois
Editora: Cruzada Da Boa Imprensa
Ano: 1940
Páginas: 150


Tendo em vista que a Sagrada Escritura, em diversos versículos, mas, especialmente em I Tm, 2,5, afirma que Jesus é o único mediador entre Deus e os homens, como é que a Igreja prega a intercessão dos santos? Pesquisando descobri que a intercessão é um costume na Igreja desde o tempo das Catacumbas.

E quanto aos santos a cuja intercessão também se recorre? Após a morte, eles continuam fazendo parte do Corpo de Cristo?  Portanto, a morte não aparta a pessoa do Corpo de Cristo. O que é lógico, pois não faria o menor sentido se o batismo não valesse para a vida eterna.

É bom lembrar: Ora, Jesus é realmente o único mediador entre Deus e os homens, porém, Ele não é sozinho. Ele tem um corpo que é a Igreja. Ele é a Cabeça e os homens são seus membros.

Leia-se na bíblia no livro do Apocalipse, em diversas passagens, fala da atividade das pessoas que já morreram: (Ap 6,9) Os mortos dos versículos estão rezando, clamando a Deus por justiça! E, notem que a Ressurreição ainda nem aconteceu, essa passagem consta do período da tribulação, o que é mais notável ainda.

Portanto, Cristo é o único mediador, mas não no sentido estrito. Os homens são membros do corpo do único mediador e mesmo após a morte, continuam fazendo parte desse Corpo, conforme o livro do Apocalipse atesta. 

Uma observação importante quanto ao livro:
O mesmo se encontra delicadamente todo amarelado em suas páginas, devido o passar do tempo           ( 79 anos ) como exemplar para leitura. Tenho tomado todo cuidado para não denegrir a sua condição   ( Páginas, capa, encadernação ).

Evoco a memória do "Servo de Deus" padre José Calvi, conforme a página 126 que cita o segundo paragrafo: ... A memória do justo será eterna...9. ( Lucas XV ). Espero poder repassar algumas páginas para despertar a curiosidade do tema e esclarecimento como católico e catequista.

Benjamim - PJ
Paróquia: Nossa Senhora de Fátima
Bairro: Vila Sabrina - SP ( Brasil )
Região Metropolitana - Santana

segunda-feira, 13 de maio de 2019

“ESPIRITO DE POBREZA”

“ESPIRITO DE POBREZA” -  PADRE JOSÉ CALVI

Na preparação do Processo Diocesano para a beatificação de Pe. José Calvi foi possível colher suas escrita ao longo de muitos anos na qual foi denominado “canhenhos”.

Foram coletados os “Escritos de Pe. José  Calvi (cartas e folhas avulsas), escritas em cadernos com caneta bico de pena (conforme o costume do tempo); ou seja, com uma  pena que acoplada a uma haste.



Molhada na tinta, proporcionava uma escrita fina, o que sem dúvida dificulta muito a leitura, pois José Calvi escrevia letras muito miúdas e aproveitava ao máximo a superfície do papel.

Muitas vezes não respeitando as margens e preenchendo a folha a o máximo que se podia (a explicação para isso era devido ao seu "espírito de pobreza"[1]).

Fonte: Aspectos importantes da vida do Servo de
Deus Padre José Calvi
Autor: Pe. José Antonio Bertolin, osj
Mês/Ano: - Março 2019
Páginas: 3 e 4

segunda-feira, 29 de abril de 2019

MAIS UM CICLO DE VIDA


Mais um ano de vida vai se passar. Mais um ano eu vivi. Vi mais 365 dias nascerem e caírem por mais 365 noites. Em cada um desses dias, eu vivi diferentes experiências.

Dizem que quando rezamos estamos fazendo pedidos a Deus, e quando meditamos estamos agradecendo. Todos os dias me ajoelho e medito silenciosamente, agradecendo ao Senhor pela minha vida.

Obrigado pela minha vida, obrigado por todos os meus familiares e amigos que fazem a minha vida mais rica. Obrigado por tudo, meu Deus!

MEU ANIVERSARIO - 29 ABRIL
Compartilhando com os seguidores deste BLOG!!!

Fonte: Mundo das Mensagens
Foto Montagem: Benjamim - PJ

terça-feira, 23 de abril de 2019

DIA MUNDIAL DO LIVRO


Em 23  de  abril,  venho comemorar o  Dia  do  Livro  e  do  Direito  do Autor. E convidando você leitor e seguidor deste blog a pensar um pouquinho a importância do livro no mundo, cidade e bairro onde mora.

Pense num livro que tenha sido marcante para você: qual era o gênero, o autor, o título, o que ele provocou em você quando você o leu?
 

Pode ter sido um romance, um livro de filosofia, a biografia de um personagem histórico que você admira... 


É impressionante que possamos ter acesso a conteúdos, experiências e emoções tão diversos por meio do livro. Com o livro podemos percorrer infindáveis histórias. Narrativas reais ou inventadas ao percorrer suas páginas.

O livro é dotado de valores e de múltiplos significados culturais. Dessa forma, a ação de "Esquecer Livros" coopera em combater o ciclo de exclusão em que são negados a uma parte da população a informação, o conhecimento e a experiência estética de ler. 



Por isso, o Projeto Livro Livre visa à formação de leitores ou de espaços destinados à democratização da leitura. Como promover diferentes formas de encontro do livro ( PEGUE - LEIA - ESQUEÇA ) com seus potenciais leitores.


Desta forma convido você a comemorar, participando da ação do Projeto Livro Livre. Pegue o livro que esteja a muito tempo esquecido em sua casa e esqueça em algum lugar para que outra pessoa ( leitor ) possa acha-lo.

Uma boa leitura se você encontrou algum livro esquecido!!!

Benjamim Custódio da Silva - Blogueiro
( Mochileiros da Leitura )

quinta-feira, 18 de abril de 2019

PEGUE - LEIA - ESQUEÇA

 
PEGUE - LEIA - ESQUEÇA
Desde que a biblioteca Padre José Calvi foi organizada por jovens, colaboradores, mochileiros e simpatizantes. Se passaram 12 anos e continuamos "esquecendo" livros em lugares públicos na cidade, bairros, pontos turísticos da cidade de São Paulo ( Quando surgem oportunidades, é esquecido livros em outras cidades do Brasil ).

 
PROJETO LIVRO LIVRE
 Um projeto que surgiu inspirado nas leituras de livros biograficos da vida do santo José Marello, mesmo porque o mesmo foi um grande leitor/admirador de livros e sempre foi seu desejo de criar bibliotecas onde estivesse. Com o apoio da juventude e através de doações de livros, a biblioteca foi se construindo. O sonho sempre foi imaginar que alguém vai achar o livro, levá-lo para ler e depois esquecer em algum lugar para que outra pessoa possa achar. O projeto conclama a todos a esquecerem livros na padaria, no banco da praça, nos pontos ou dentro de ônibus, no trem, no metrô, no restaurante, em todo lugar público.


            CONCEITO BOOKCROSSING
A ideia foi com o tempo sendo aperfeiçoado e inspirado no conceito de BookCrossing, criado no s EUA no começo dos anos 2000. Combinando leitura e urbanidade, deixar livros em locais públicos, para que outras pessoas encontrem, leiam, e voltem a abandoná-los. Pesquisando descobri que há diferentes versões do BookCrossing espalhados por cidades do Brasil e do mundo.

 
PEGUE - LEIA - ESQUEÇA
E o que é melhor ainda, criar a oportunidade de ( livro ) passá-lo adiante, para que outras pessoas possam lê-lo, também. Com todo este vai - vem ( PEGUE - LEIA - ESQUEÇA ) construir uma biblioteca a céu aberto. Possibilitando o encontro do livro ao novo leitor, difundir a leitura para chegar as pessoas que não tenham condições de comprá-los, incentivar o hábito da leitura, colaborar como ação contra a violência. Chamando a reflexão: Como você pode ajudar a cidade onde mora, hoje e no futuro?


CHEGA DE VIOLÊNCIA
É possível o livro diminuir a violência? Esquecer livros em pontos da cidade de São Paulo e bairros próximos que possam fazer a diferença? Sempre vou acreditar que os livros podem ajudar a simplificar  problema entre os bons versus os maus, como minimizá-los. "Chega de violência na cidade, mais leitura para promover a Paz!" "Queremos transformar o mundo através do conhecimento! Vem conosco!!!

O PROJETO NAS REDES SOCIAIS
O Projeto "Livro Livre" é sempre lembrado nas redes sociais na qual participo ( Facebook, Instagram, Twitter ) e principalmente no blog que escrevo: MOCHILEIROS DA LEITURA. Escrevo e divulgo sempre perguntando: Quantos leitores lerão os livros "esquecidos"? Ler é fundamental. A leitura é tudo. É descoberta, é conhecimento, é entretenimento, é cultura. 



                     AGRADECIMENTOS
Mas aproveito este momento para agradecer a juventude e amigos que durante todo este tempo ( 12 Anos ) com suas Mochilas carregadas de livros. No desejo de dividir um tesouro que não pode ficar reservado apenas a alguns. Que os livros se encontrem ao alcance das mãos, no coração dos leitores.

12 ANOS SE PASSARAM: 07 Abril de 2007/2019.
Nestes 12 anos que se passaram, agradeço a todos que cederam algum tempo para "orar", enviar mensagens de incentivo, participações nas edições de esquecimentos de livros pela cidade/bairro. Ajudar a fazer a diferença e transformar a realidade da educação.

Mesmo com a chegada de tecnologias e novas opções para as mídias digitais. Mesmo com esse cenário pouco animador, convido você a comemorar os 12 anos de existência da Biblioteca Padre José Calvi, localizada no Centro Pastoral São José Marello, Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Vila Sabrina - SP ( Brasil ).

Benjamim Custódio da Silva - PJ
Blogueiro, Professor, Assessor e Catequista.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

CONECTADO COM CAJUEIRO

Informando que este BLOG esta conectado a Instituição CAJUEIRO - Centro de Formação, Assessoria e Pesquisa em Juventude
 
Site Oficial: https://cajueiro.org.br

O Centro de Formação, Assessoria e Pesquisa em Juventude – CAJUEIRO é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos. Criado em 09 de março de 2013, com recurso próprio, tem foro na cidade de Goiânia – GO e atuação em todo território nacional. Atua em redes com diversos agrupamentos, com princípios dos Direitos Humanos, Educação Popular e Economia Solidária.

Fotos Logos: Divulgação.

terça-feira, 2 de abril de 2019

SE PASSARAM 12 ANOS ...

Convido você a comemorar os 12 anos que se passaram, participante ou não desta historia.

07 Abril de 2007 á 07 de Abril de 2019

Mesmo com a chegada de tecnologias e novas opções para as mídias digitais. Mesmo com esse cenário pouco animador, convido você a comemorar os 12 anos de existência da Biblioteca Padre José Calvi, localizada no Centro Pastoral São José Marello, Paroquia Nossa Senhora de Fátima - Vila Sabrina - SP ( Brasil ).


Quando do seu inicio em ( Dia 07 de abril de 2007 ) data esta de sua organização, com o apoio da juventude, padres, colaboradores e leitores. A biblioteca foi se reinventando para conquistar antigos e novos leitores, para continuar como referência sociocultural na comunidade e na cidade de São Paulo.


Com a evolução dos tempos foi necessário enfrentar alguns fatores de grande importância na atualidade. Alguns fatores estes que podem ser citados:

1 - Os usuários continuam necessitando das bibliotecas:
    Por mais que os preços dos livros tenham caído e as versões digitais tenham angariado parte do mercado, nem sempre os usuários conseguirão comprar todos os livros e conteúdos que necessitam, logo, continuarão precisando das bibliotecas da mesma forma.

2 - A dificuldade dos usuários em utilizar a tecnologia:
    Por mais corriqueiro que possa parecer, nem todos têm a facilidade em manusear os meios eletrônicos onde podem ser encontradas informações e as mais diversas publicações. Por isso, as bibliotecas continuarão sendo um dos principais locais de pesquisa. 



Se reconhecemos que a função mais importante da biblioteca é facilitar o acesso à cultura escrita, assegurar a leitura como direito, é preciso considerar antes algumas reflexões sobre o valor que a sociedade concede à leitura, à escrita e ao livro, e se eles fazem parte dos bens considerados essenciais à existência humana.

Mas, por outro lado, antes de afirmar se as bibliotecas contribuem ou não para reduzir distâncias entre ricos e pobres, entre privilegiados e excluídos, é preciso fazer algumas perguntas sobre o lugar que a leitura ocupa em nossas sociedades.

Como a sociedade imagina a leitura? Que sentido esta prática tem para ela? Como a exerce e com que fins?



 12 anos se passaram, ao ponto num certo periodo de sua existẽncia a mesma ( Biblioteca Padre José Calvi ) quase desaparecer, que em outro momento vou comentar. Mas convido você a comemorar mais um ano ( 07 abril 2007 á 07 abril 2019 = 12 ANOS )



Venho agradecer "VOCÊ": leitor, seguidor, voluntário/a, colaborador, doadores de livros/revistas, juventude e amigos. Sua participação ou contribuição, faz você um protagonista de 12 anos de historia.

Contamos com você, SEMPRE!!!

Benjamim Custodio da Silva - Blogueiro
BLOG - "MOCHILEIROS DA LEITURA"

sexta-feira, 29 de março de 2019

LIVRO: "BRASIL NUNCA MAIS"

Título: Brasil: Nunca Mais
Data da primeira publicação: 1985
Autor: Paulo Evaristo Arns
Editora: Editora Vozes
Páginas: 312

Dentre muitos livros que carreguei na minha Mochila, o livro "Brasil: Nunca Mais", FOI ESQUECIDO com muito carinho. O esqueci na praça Diamantino de Jesus, tipo Praça que pertence ao bairro Jardim Brasil (Zona Norte), localizada na cidade de São Paulo, no estado de São Paulo.


Lançado em 1985, o livro foi a forma encontrada de dar publicidade a um extenso trabalho documentação dos crimes cometidos durante o regime militar brasileiro (1964-1985), que expôs os métodos de tortura da ditadura brasileira.


Durante o período de pesquisa, foram colhidas informações em mais de 1 milhão de páginas, obtidas em 707 processos do Superior Tribunal Militar. O material permitiu que se conhecesse a extensão da repressão política no Brasil, no período entre 1961 e 1979. Cerca de 30 pesquisadores realizaram o trabalho, que durou cerca de seis anos.


Dentre muitos livros que carreguei na minha Mochila, o livro "Brasil: Nunca Mais", foi o que esqueci na praça Diamantino de Jesus, tipo Praça que pertence ao bairro Jardim Brasil (Zona Norte), localizada na cidade de São Paulo, no estado de São Paulo.

PESQUISA
Segue abaixo alguns links super interessantes
para sua pesquisa e esclarecimentos ...

BRASIL NUNCA MAIS
http://bnmdigital.mpf.mp.br/pt-br/

DOCUMENTOS REVELADOS
https://www.documentosrevelados.com.br/

Foto(s): Divulgação.